Tags

, , , , ,

Imagine a seguinte situação:

Você sofre um acidente e está de coma no hospital, um belo dia você desperta e dá de cara com um mundo mudado: inexplicavelmente os mortos voltaram à vida e quase toda a população da cidade morreu, está desaparecida ou se uniu à horda de mortos vivos devoradores de carne humana.

Mesmo sem saber de que forma o mundo ficou desse jeito, você não tem escolha a não ser tentar sobreviver, procurar sua família (além de conhecidos e qualquer sobrevivente que aparecer) e tentar fugir para um lugar seguro, longe dos perigos das cidades infestadas de zumbis.

Este é o enredo da premiada série The Walking Dead, baseada nos quadrinhos homônimos de Robert Kirkman. Não é fã do tema? Pois está na hora de rever seus conceitos. A primeira temporada (2010, 6 episódios) foi um sucesso avassalador de crítica, inclusive entre críticos que detestam o gênero.

Mas o objetivo deste post é avisar sobre a SEGUNDA temporada, que estreou nos EUA em 16/10 estabelecendo um novo recorde de 7,3 milhões de telespectadores. O sucesso foi tanto que uma terceira temporada já está confirmada para 2012, provavelmente terá 13 episódios como a segunda.

No Brasil a série continuará sendo exibida no canal Fox com apenas dois dias de atraso em relação à tv americana. A melhor notícia é que a transmissão terá disponíveis simultaneamente as versões dublada e legendada. Parabéns à Fox pelo trabalho rápido e democrático, agradando a todos os gostos.

The Walking Dead chegou para ficar. Só resta torcer para que, com tanto sucesso que estão fazendo, os zumbis não sejam esculhambados pela cultura pop da mesma forma que foram os vampiros. Afinal, ninguém quer ver um filme no estilo Crepúsculo com zumbis. Ou quer?